Prevalência e Perfil Clínico da Síndrome de Mama Fantasma: Revisão Integrativa

Sara Socorro Faria, Ruffo Freitas-Junior, Pedro Leme Silva
2013 Revista Brasileira de Cancerologia  
Introdução: A síndrome da mama fantasma consiste na sensação de persistência da mama após sua retirada e engloba tanto as sensações não dolorosas quanto as dolorosas. Embora seja relatada em estudos populacionais, os seus aspectos clínicos assim como sua prevalência permanecem desconhecidos. Objetivo: Traçar o perfil das pesquisas populacionais realizadas tanto no Brasil quanto ao redor do mundo que investigaram as características clínicas assim como a incidência ou prevalência da sensação da
more » ... ma fantasma, seja essa dolorosa ou não. Método: Revisão integrativa da literatura no período de 2002 a 2011, realizada por meio de termos específicos nos bancos de dados PubMed, LILACS e SciELO. Foram resgatados artigos que investigaram as características clínicas, assim como a prevalência da síndrome da mama fantasma no Brasil e no Mundo. Resultados: No período selecionado, foram identificados quatro estudos prospectivos e dez transversais que preenchiam os critérios de seleção estabelecidos para essa revisão bibliográfica. Uma vasta gama de métodos de avaliação foi encontrada, evidenciando uma ausência de padronização. Observou-se que, apesar de diversos estudos avaliarem e descreverem o desenvolvimento de quadros álgicos e morbidades pós-operatórias, poucos buscaram delimitar as características da mama fantasma, tornando-se um assunto secundário no processo de lidar com a mastectomia. Conclusão: É necessário ressaltar a importância de uma maior exploração da síndrome da mama fantasma como morbidade pós-cirúrgica do câncer de mama, para que determinadas ações sejam direcionadas ao seu melhor conhecimento e investigação.
doi:10.32635/2176-9745.rbc.2013v59n1.557 fatcat:rp6ng5dlyzhbhmpuuptm3gu7me