Potencial alelopático de Pyrostegia venusta (Bignoniaceae) sobre a germinação e crescimento radicular de couve-da-malásia POTENCIAL ALELOPÁTICO DE Pyrostegia venusta (Bignoniaceae) SOBRE A GERMINAÇÃO E CRESCIMENTO RADICULAR DE COUVE-DA-MALÁSIA

Regildo Gonçalves Da Silva, Henrique Valter, Marinho, Santos, Gabriel Daneluzzi, Luciana Pereira, Silva
unpublished
br 2 UNESP/IBB-Distrito de Rubião Júnior-18618-970-Botucatu, SP-Brasil. 3 USP/ESALQ-Av. Pádua Dias, 11-13418-900-Piracicaba, SP-Brasil. RESUMO O estudo alelopático investiga os efeitos positivos e negativos que metabólitos secundários de plantas, microrganismos ou fungos exercem sobre o desenvolvimento de indivíduos vizinhos. Pyrostegia venusta (Ker-Gaw) Miers (Bignoniaceae) é uma espécie invasora, utilizada na medicina popular e com metabólitos secundários bem caracterizados. Nesse trabalho
more » ... . Nesse trabalho foram investigados os efeitos de extrato hidroalcoólico de flores de P. venusta sobre a germinação e desenvolvimento do sistema radicular de sementes de Brassica chinensis L. var. parachinensis (Bailey) Sinskaja (couve-da-malásia). O extrato foi preparado adicionando o material vegetal seco e moído (flor) à solução de etanol e água destilada a 70% na proporção de 1:10 (p/v) e após 24 horas foi filtrado em baixa pressão sob vácuo. Para a realização dos bioensaios, o extrato foi diluídos em 1 mL de água destilada nas concentrações de 5, 10 ou 20 mg mL-1. As diferentes concentrações do extrato mostraram alteração nos parâmetros germinativos e no comprimento radicular da planta-teste couve-da-malásia. Os resultados indicam a existência de potencial alelopático em P. venusta, uma vez que as diferentes concentrações do extrato causaram alterações metabólicas e morfológicas nas sementes e plântulas de couve-da-malásia e, portanto, a P. venusta pode contribuir de forma significativa no estudo das interações químicas entre plantas e na possível produção de um bioherbicida. ABSTRACT The allelopathic study investigates the positive and negative effects that secondary metabolites of plants, microorganisms or fungi have on the development of neighboring individuals. Pyrostegia venusta (Ker-Gaw) Miers (Bignoniaceae) is an invasive species, used in the traditional folk medicine and has well characterized secondary metabolites. In this work, it was evaluated the effects of a hydroalcoholic extract of P. venusta flowers on Brassica chinensis L. var. parachinensis (Bailey) Sinskaja (tsoi sum) germination and root growth. The extract was prepared by adding the dried and ground plant material (flower) to the solution of ethanol and distilled water to 70% at a ratio of 1:10 (w / v) and after 24 hours it was filtered at low vacuum pressure. To perform the bioassays, the extract was diluted in 1 mL of distilled water at concentrations of 5, 10 or 20 mg mL-1. The different concentrations of the extract caused changes in the germination parameters and root length of the test plant B. chinensis. The results indicate the existence of allelopathic potential in P. venusta, since different concentrations of the extract caused morphological and metabolic changes in seeds and seedlings of B. chinensis and,
fatcat:kkzbn6sw2fcgdc2dugkdxo7fsi