Razão cintura-estatura como marcador antropométrico de excesso de peso em idosos brasileiros

Márcia Mara Corrêa, Elaine Tomasi, Elaine Thumé, Elizabete Regina Araújo de Oliveira, Luiz Augusto Facchini
2017 Cadernos de Saúde Pública  
O objetivo deste estudo foi identificar o ponto de corte da razão cintura-estatura (RCE) com melhor sensibilidade, especificidade e acurácia para a população idosa brasileira utilizando o índice de massa corporal (IMC) como referência antropométrica. A amostra representativa da população brasileira foi composta por 5.428 indivíduos idosos, participantes de um inquérito epidemiológico. As variáveis avaliadas foram peso, altura e circunferência da cintura (CC). A RCE foi avaliada tendo como
more » ... da tendo como padrão-ouro o IMC utilizando duas propostas de classificação do estado nutricional para a população idosa. O ponto de corte ideal da RCE mostrando simultaneamente a mais alta sensibilidade e especificidade foi determinado utilizando a curva ROC (receiver operating characteristic). Sensibilidade entre 94,9% e 98,4%, especificidade variando de 43% a 55,4% e valores da área sob a curva ROC entre 0,878 e 0,883 foram identificados para o ponto de corte de 0,55. Recomenda-se a utilização da RCE na prática clínica por sua simplicidade e pelo bom poder de detecção de excesso de peso em idosos.
doi:10.1590/0102-311x00195315 pmid:28614456 fatcat:f2rbmuekdzhanete2rmxgyfq54