AVALIAÇÃO CLÍNICO-ANDROLÓGICA EM TOUROS NELORE E TESTES DE VIABILIDADE ESPERMÁTICA, INTEGRIDADE DE ACROSSOMA E FRAGMENTAÇÃO DE CROMATINA AO LONGO DE TRÊS ESTAÇÕES REPRODUTIVAS BREEDING SOUDNESS EXAMINATION IN NELORE ZEBU BULLS AND SPERM VIABILITY, ACROSSOME AND CHROMATIN INTEGRITY ASSAY FOR THREE BREEDING SEASONS EVALUACIÓN CLÍNICA ANDROLÓGICA DE TOROS NELORE Y TESTS DE VIAVILIDAD ESPERMÁTICA, INTEGRIDAD DE ACROSOMA Y FRAGMENTACIÓN DE CROMATINA A LO LARGO DE TRES ESTACIONES DE MONTA

Leonardo Marçal da Silva, Lorenna Cardoso Resende, Gustavo Eduardo Freneau, Rogério Orfaly Addad
2009 Ciência Animal Brasileira  
Com os objetivos de verificar a evolução da qualidade dos ejaculados de touros da raça Nelore ao longo três anos, através do exame clínico-andrológico associado de testes de viabilidade espermática, integridade de acrossoma e a fragmentação da cromatina, e estabelecer relações entre estas características e com a prenhez com grupos de diferentes tipos de fêmeas, utilizaram-se 46 touros da raça Nelore com idade entre 30 e 120 meses, para avaliação da qualidade seminal e da aptidão reprodutiva. Os
more » ... dão reprodutiva. Os animais foram mantidos em condições extensivas, com alimentação a pasto, recebendo suplementação mineral e servindo um rebanho com 3.782 fêmeas de várias categorias (novilhas, vacas primíparas e pluríparas). Realizaram-se colheitas de dados que abrangiam medidas de circunferência escrotal e avaliação do sêmen colhido por eletroejaculação e avaliaram-se as características físicas (volume, turbilhonamento, motilidade, vigor), morfológicas (defeitos maiores, menores e totais) e de integridade espermática (integridade de membrana plasmática, de acrossoma e de cromatina) no período que antecedeu três estações de monta consecutivas (2003, 2004 e 2005). Submeteram-se os dados à analise de variância, compararam-se as médias pelo teste SNK e calculou-se o coeficiente de correlação de Pearson utilizando o SAS. Os touros apresentaram circunferência escrotal de 33,8 ± 2,8cm, 15,6 ± 8,5% de defeitos espermáticos totais, 40,1 ± 23,1% de gametas com membrana e acrossoma íntegros e 8,8 ± 3,8% de cromatina fragmentada. As relações entre circunferência escrotal, as características físicas, morfológicas e de integridade espermática e o desempenho reprodutivo do rebanho foram baixas e não significativas (P>0,05). As características reprodutivas dos touros permaneceram dentro de padrões aceitáveis ao longo de três anos de avaliação. Nos touros deste experimento, os defeitos espermáticos, a integridade de membrana plasmática, integridade de acrossoma e fragmentação de cromatina nuclear não foram frequentes a ponto de comprometer a qualidad [...]
doaj:e839272f473542c6a9ae2be0d0c72db1 fatcat:tferjkccnbeqbayjakdum7kx2m