Resenhas IDEOLOGIAS E CIÊNCIA SOCIAL

Maria Aparecida De Almeida, Vera Lúcia, Carvalho Machado
unpublished
LÖWY, Michael. Ideologias e Ciência Social: elementos para uma análise marxista. 17. ed. São Paulo: Cortez, 2006. Michael Löwy nasceu em São Paulo, formou-se em Ciências Sociais na USP, doutorou-se na Sorbone, defendendo tese sobre o jovem Marx; possui uma extensa obra com livros traduzidos em vários países. Mora na França, é diretor de pesquisas do Centro Nacional de Investigações Científicas, de Paris, e colaborador do Instituo Nacional de Pesquisa e Formação, de Amsterdã. Em sua 17ª edição,
more » ... Em sua 17ª edição, seu livro Ideologias e Ciência Social: elementos para uma análise marxista", apresenta os diferentes conceitos de ideologia e propõe a análise dialética da ideologia. Também sugere uma discussão acerca da ideologia e utopia com as práticas política e social. Na apresentação, o livro adverte o leitor que todo o conteúdo foi transcrito de gravações realizadas durante um ciclo de conferências realizado pelo autor na PUC (Pontifícia Universidade Católica), em São Paulo, em 1985. Por esse motivo, a obra não apresenta referências bibliográficas, essenciais para que o leitor possa se aprofundar em questões apresentadas pelo autor. No primeiro capítulo, o autor apresenta o conceito da palavra ideologia e afirma que não vem de Marx, mas do filósofo francês Destutt de Tracy, que o apresentava como subcapítulo de estudo realizado em torno da zoologia. Para ele, a palavra tinha como significado o estudo científico das idéias. Napoleão, por sua vez, apresentou outro sentido à ideologia ao declarar que os ideólogos eram metafísicos que faziam abstração da realidade. Para Marx, ideologia é um conceito pejorativo, pois implica ilusão ou refere-se à consciência deformada da realidade. Na obra de Lênin, a ideologia
fatcat:suqsp3irb5cxdn6thb4ysnof6m