SAMBA DE PAREIA: DANÇA AFROCENTRADA NA UESB

EDEISE GOMES CARDOSO SANTOS
2018 XI Coloquio Internacional Educação e Conteiporaneadade  
educonse.com.br/xiicoloquio O trabalho tem como objetivo analisar os processos de criação em dança "aterrados" (tradução e encruzilhadas) partindo de disparadores afros centrados despertados no diálogo da Manifestação Samba de Pareia da Mussuca e com a Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB). Os disparadores é o ponto de partida das traduções, que são ideias de processos promovidas pela professora, que geram as encruzilhadas, que são essas ideias experimentas em sala no corpo do
more » ... de forma a promover uma dança contemporânea afro popular em que a particularidade negra esteja no processo e na estética Apresento neste artigo a experiência da montagem do espetáculo "Mussuca, prazer ME conhecer", em Jequié, na UESB, que resulta em possíveis contribuições, resultados, incômodos, ganhos e rupturas do encontro da cultura popular, Samba e Pareia da Mussuca, com o ambiente acadêmico. Palavras Chaves: Samba de Pareia. Dança Afrocentrada. Encruzilhadas em Dança. Descolonização. Aterrar.
doi:10.29380/2018.12.16.05 fatcat:gss3b2datrhppa72saugsgx2fu