Manejo hídrico na rustificação em mudas de Maytenus ilicifolia [(Schrad.) Planch.]

João Alexandre Lopes Dranski, Ubirajara Contro Malavasi, Marlene De Matos Malavasi
2017 Biotemas  
http://dx.doi.org/10.5007/2175-7925.2017v30n1p45Avaliou-se o efeito do tamanho da muda e do manejo da irrigação ao final do ciclo de produção sobre a qualidade de mudas de Maytenus ilicilofia. O experimento seguiu o delineamento inteiramente ao acaso em arranjo fatorial 2x3, em que mudas de duas classes de altura (maior ou menor que 18,0 cm) foram submetidas a três regimes hídricos (rega diária, rega a cada dois dias e redução gradativa da irrigação). Após oito semanas, quantificaram-se
more » ... ificaram-se atributos morfofisiológicos e de desempenho. A redução gradativa da irrigação promoveu maior taxa de assimilação líquida de carbono. A rega a cada dois dias possibilitou maior taxa de crescimento secundário, velocidade de acúmulo de biomassa nos tecidos aéreos e radiculares, com menor taxa de extravasamento de eletrólitos. Após o plantio, esses tratamentos mantiveram o maior teor relativo de água nas folhas (TRA). O TRA em mudas de menor tamanho foi significativamente maior até a terceira semana do plantio. Portanto, mudas de maior tamanho, submetidas à rustificação por redução gradativa do regime de regas, apresentam melhor qualidade.
doi:10.5007/2175-7925.2017v30n1p45 fatcat:3gnytxy7pvenldn76ee2mrcadm