Procedimento alternativo para produção de correspondência Alternative procedure for production of correspondence

Ernesto Lorismário, Simonassi, Mychelle Borges, Pereira Pinto, Marcileyde Tizo
2011 unpublished
Resumo As relações entre classes de operantes verbais e não-verbais foram estudadas em uma área denominada de correspondência: dizer-fazer; fazer-dizer. O presente estudo verificou: (1) se manipulações sucessivas de reforçadores e punições contingentes a classes de operantes dependentes e independentes (classes dizer/fa-zer) influenciam umas às outras; (2) os efeitos da apresentação dos reforçadores e da punição de classes de operantes independentes e (3) se reforçando e punindo classes de
more » ... ndo classes de operantes dependentes, ocorre correspon-dência entre essas classes de operantes. No experimento I participaram oito universitárias, expostas a cin-co fases experimentais. Os resultados do experimento I demonstraram que contingências de reforçamento foram efetivas para promover correspondência entre classes de operantes independentes para seis das oito participantes. As duas outras participantes não fizeram correspondência em todas as fases. No experimen-to II participaram nove universitárias, expostas a três fases experimentais. Os resultados mostraram que as contingências de reforçamento de punição durante a fase 2 foram efetivas para promover correspondência entre classes de operantes dependentes. Neste experimento foram manipuladas duas variáveis ao mesmo Nota Este trabalho é resultado do projeto Multi-Análise Operante, a cujo autor principal foi concedida bolsa de produtividade pelo CNPq de n° 300894/2004-0 em continuidade a projeto anterior. Agradecemos à aluna Mychelle B. P. Pinto pela coleta de dados.
fatcat:5dsy7sssxzhtroznlsg4isvzrq