Avaliação em saúde mental: o processo de acolhimento [thesis]

Adriano Kasiorowski de Araujo
sempre sensível aos alcances e às dificuldades no trajeto acadêmico. Agradeço aos Professores Edith Lauridsen-Ribeiro e Alberto Olavo Advincula Reis pelos valiosos apontamentos quanto à qualidade do trabalho. Agradeço à Faculdade de Saúde Pública da USP que, por meio das aulas e de seus professores, propiciou o aprofundamento do tema estudado. Agradeço a todos que de alguma forma contribuíram para a consecução deste trabalho. Araujo AK. Avaliação de Serviços de Saúde: o processo de Acolhimento
more » ... sso de Acolhimento [dissertação de mestrado]. São Paulo: Faculdade de Saúde Pública da USP; 2011. RESUMO Este trabalho relata a experiência de avaliação do processo de acolhimento em saúde mental na cidade de São Paulo-SP. Baseou-se em entrevistas com os trabalhadores do CAPS adulto e de duas UBSuma com equipe de saúde mental e outra sem essa equipe. O objetivo foi entender o estabelecimento do acolhimento nestes serviços, considerando a percepção dos trabalhadores e identificando o vínculo e a articulação da rede neste processo. Utilizou-se como abordagem metodológica a hermenêutica filosófica gadameriana, para identificar que elementos participantes do processo de acolhimento poderiam ser destacados a partir da pergunta primaz: como é o serviço de saúde mental? Procedeu-se à análise das narrativas e a partir delas se estabeleceu três linhas de argumentação: vínculo, acolhimento, e articulação da rede. Os resultados surgiram em forma de quatro categorias: sensação de ausência; mistura de modelos; primazia em tecnologias duras; e ineficiência quanto à integralidade. Estes achados foram confrontados com outro serviço de saúde: o PSF; e apenas a categoria ausência não pode ser conferida. ABSTRACT This paper reports the evaluation experience of hosting process in mental health care in São Paulo-SP. Based on interviews with workers in the adult CAPS and two UBS -with a mental health team and one without this team. The goal was to understand the establishment of hosting into these services, considering the perception of employees and identifying the link and network connection in this process. Was used as a methodological approach to philosophical hermeneutics of Gadamer, to identify which inner elements of the hosting process could be detached from the primate question: how is the mental health service? Proceeded to the analysis of narratives from them and were established three lines of argumentation: link, hosting, and the network connection. The results came in the form of four categories: feeling of lack, mix of models; precedence in hard technologies, and inefficient as to integrality. These findings were compared with other health service: the PSF, and only the category lack could not be checked.
doi:10.11606/d.6.2012.tde-15032012-101652 fatcat:xizzjxthwngvlmf5fno2kigk6y