A CRÔNICA DE JOSÉ SARAMAGO: VOZ CONTRÁRIA A UM SEMEAR DE PALAVRAS CARUNCHADAS

Saulo Gomes, Thimóteo
2013 unpublished
Resumo: Nas crônicas do escritor português José Saramago, há suma tentativa de compreender o mundo por meio da palavra. Funcionando como ponte de interpretação entre o leitor e os discursos sociais e políticos, o cronista deslinda as ditas estruturas, para encontrar as mensagens subterrâneas apenas sugeridas. Assim, tomando como exemplo a crônica "O eufemismo como política", vai-se observar a forma saramaguiana de análise retórica, visando à tomada de consciência e de uma leitura crítica.
fatcat:vljmujkhxvdtvmykhvueiundui