O Escabelo Púrpura: o cativeiro de Valeriano como paradigma da ascensão do Império Sassânida

Otávio Luiz Vieira Pinto
2020 História  
Resumo Este artigo tem por objetivo refletir sobre o balanço de poder imperial eurasiático entre os romanos, no Ocidente, e os persas, no Oriente, a partir de uma efeméride emblemática: a derrota do imperador latino Valeriano em Edessa, sua captura pelas forças sassânidas e subsequente morte em cativeiro, marcando a primeira e última vez que o líder máximo romano seria feito refém. Propõe-se, aqui, que a derrota ocidental e a memória da captura e morte de Valeriano podem ser lidas como um
more » ... gma da ascensão e da solidificação do poder sassânida no Oriente. Se, por um lado, a morte de Valeriano indica, para os romanos, o início de um período turbulento, por outro, para os persas, a vitória do xá Sapor indica o início de um período de bonança e autoridade. A partir dessa passagem, então, pode-se discutir tanto uma forma de integração eurasiática mais ampla - integração em que eventos possuem consequência compartilhadas, em que o mundo romano influencia o mundo persa e vice-versa - quanto os tradicionais focos historiográficos, visto que a morte de Valeriano pode ser discutida não como fracasso romano, mas como sucesso persa, deslocando o foco de análise do Ocidente para o Oriente.
doi:10.1590/1980-4369e2020046 fatcat:dkkw3pbdvnh73gmy5ybjraae2i