DA SUBSUNÇÃO À ARGUMENTAÇÃO: PERSPECTIVAS DO RACIOCÍNIO JURÍDICO MODERNO

Walter Guandalini Jr.
2011 Revista da Faculdade de Direito UFPR  
O artigo pretende expor uma breve história do raciocínio jurídico predominante na Modernidade. Assim, parte da situação em que se encontrava o Direito na Idade Média, quando se caracterizava como ciência prática marcada pela argumentação, para mostrar como ele se constrói como "ciência" jurídica eminentemente dedutiva a partir do jusnaturalismo, situação em que se encontra desde então. Por fim, mostra como a crise do Pós-Guerra provoca uma retomada da retórica jurídica, tornando necessário, no
more » ... ndo necessário, no presente, um trabalho de compatibilização entre os seus aspectos dedutivos e os seus aspectos argumentativos – como pretende a teoria integradora de Neil MacCormick.
doi:10.5380/rfdufpr.v54i0.30734 fatcat:etnm3wqh4bbgnbsxqrzrdaprd4