Atributos químicos e estoques de carbono em Latossolo sob plantio direto no cerrado do Piauí

Luiz F. C. Leite, Sandra R. S. Galvão, Manoel R. Holanda Neto, Fernando S. Araújo, Bruna F. Iwata
2010 Revista Brasileira de Engenharia Agrícola e Ambiental - Agriambi  
O sistema de plantio direto é uma alternativa viável para o uso sustentável dos solos. O objetivo do presente trabalho foi avaliar a influência do sistema plantio direto com diferentes tempos de implantação e do plantio convencional sobre os atributos químicos e os estoques de C de um Latossolo Vermelho-Amarelo do cerrado piauiense. Amostras de solo foram coletadas nas camadas de 0-5, 5-10, 10-20 e 20-40 cm em sistema de plantio convencional (PC) e plantio direto (PD) com 2 (PD2), 4 (PD4) e 6
more » ... D6) anos de implantação, além de uma área sob floresta nativa de cerrado (FNC). Foram determinados o pH em água, P extraível (Pext), bases trocáveis, Al, acidez potencial (H+Al), carbono orgânico total (COT) e carbono da biomassa microbiana (Cmic). A adoção do sistema plantio direto aumentou o pH, os teores de P e de bases trocáveis do solo, em comparação com o PC. Em relação ao PC, os estoques de COT e Cmic aumentaram 34 e 99% no PD2, 47 e 92% no PD4 e 61 e 108% no PD6, respectivamente, na camada superficial de 0-20 cm. A implantação do sistema plantio direto melhora os atributos químicos e aumenta os estoques de carbono orgânico total e microbiano do solo e seu uso contínuo contribui para a qualidade do solo em áreas do cerrado piauiense.
doi:10.1590/s1415-43662010001200004 fatcat:iw3ba5byzbhn5ozogupuys4no4