Recria de bezerros em pastagem de aveia e azevém utilizando suplementação energética com níveis de promotor de crescimento

Karen Döering Brustolin, Fernando Luíz Ferreira de Quadros, Julio Viégas, Alexandre Mossati Gabbi, Silvane Barcellos Carlotto, Adriano Ramos Cardoso, Priscila Guilhermano Fontoura, Marcos André Piuco
2005 Ciência Rural  
O presente trabalho teve como objetivo avaliar a produção animal em pastagem de aveia (Avena strigosa Schreb) e azevém (Lolium multiflorum Lam.), recebendo ou não suplementação, com e sem promotor de crescimento. O experimento foi conduzido no Setor de Bovinocultura de Leite do Departamento de Zootecnia da UFSM, no período de abril a setembro de 2003. Os animais utilizados foram bezerros machos desaleitados, da raça Holandês com idade média inicial de 3 meses e peso médio inicial de 88,7kg.
more » ... cial de 88,7kg. Estes animais foram submetidos a pastejo contínuo com lotação fixa (carga média de 1.479kg de Peso Vivo por hectare (PV ha-1)) em pastagem de aveia e azevém recebendo ou não suplementação, com e sem um promotor de crescimento natural à base de óleos essenciais extraídos de plantas. Os tratamentos foram: S-0% = pastagem sem suplementação; S-1% = pastagem + 1% do peso vivo (PV) em matéria seca (MS) do suplemento ao dia; S-1% PC250 = pastagem + 1% do PV em MS do suplemento ao dia (com 250g de promotor de crescimento por tonelada de suplemento); S-1% PC500 = pastagem + 1% do PV em MS do suplemento ao dia (com 500g de promotor de crescimento por tonelada de suplemento). O delineamento experimental utilizado foi o de um quadrado latino 4x4, com duas repetições. As medidas dos animais e seu ganho médio diário (GMD), a massa de forragem (MF), altura da pastagem (ALT), taxa de acúmulo da pastagem (TAMS), taxa de desaparecimento de matéria seca (TDMS) e valor nutritivo da pastagem foram avaliadas. O GMD médio foi de 622g animal-1dia-1 para os animais suplementados e 294,5g animal-1dia-1para os não suplementados (P<0,05). Os valores médios de massa de forragem (943,9 kg ha-1,MS), taxa de acúmulo (142,7kg ha-1 dia-1, MS) e taxa de desaparecimento de MS (133,2kg ha-1 dia-1, MS) não foram influenciados pelos tratamentos (P>0,05). As diferenças de MF total são conseqüência da taxa de desaparecimento, já que as taxas de acúmulo de matéria seca foram semelhantes. O promotor de crescimento não afetou o desempenho e o desenvolvimento dos animais.
doi:10.1590/s0103-84782005000200029 fatcat:fs5iynke6je6zczr5gzrngec6m