Percepções dos profissionais de enfermagem intensiva frente a morte do recém-nascido

Laureana Cartaxo Salgado Pereira Silva, Cecília Nogueira Valença, Raimunda Medeiros Germano
2010 Revista Brasileira de Enfermagem  
Este estudo tem como objetivos descrever as percepções dos profissionais de enfermagem diante da morte de recém-nascidos em unidade de terapia intensiva neonatal (UTIN). Pesquisa de abordagem qualitativa com enfoque fenomenológico. Foram entrevistados enfermeiros e técnicos de enfermagem de uma UTIN neonatal, respondendo a seguinte questão de pesquisa: Como você se sente diante da morte do recém-nascido na UTIN onde você trabalha? Emergiram do questionamento, acerca deste fenômeno, uma
more » ... ômeno, uma diversidade de sentimentos, como perda, compaixão, tristeza, o que resulta numa experiência do mundo sensível de cada um. A análise teve como aporte teórico tanto os autores que tratam da fenomenologia, como estudiosos do tema da morte. A partir da compreensão do fenômeno estudado, afirmarmos ser a morte do recém-nascido para os profissionais de enfermagem de uma UTIN uma vivência de sentimentos conflituosos, por vezes dolorosos, pela sua complexidade.
doi:10.1590/s0034-71672010000200011 pmid:20520995 fatcat:qsms2egujzfzhnby3jcpsy4jxu