Apresentação

Mauricio João Farinon, Clenio Lago
2018 Roteiro  
A presença do ser humano no mundo da vida deriva significativos aspectos antropológicos: constituímos cultura; coabitamos com a diversidade simultaneamente à dificuldade de aceitar as diferenças; ansiamos por domínio, posse, controle; criamos e inovamos modos de transmitir ou construir valores e conhecimentos; propomos meios de educação e formação; instrumentalizamonos e evoluímos tecnologicamente; capacitamo-nos e conseguimos valorar, decidir e agir de modo razoado; estabelecemos o modo
more » ... cemos o modo especificamente humano de viver em sociedade: fundamos a política. Talvez seja isso que torne o ser humano tão complexo e, ao mesmo tempo, remeta ao elemento histórico originante: somos inacabados, incompletos. Eis a fonte da angústia e da perplexidade, pois no encontro com o rosto de outrem, nossa compreensão é sempre limitada às experiências possíveis, gerando a incerteza daquilo que vem e a insegurança sobre o modo como devemos agir. Estamos diante do estranhamento, que pode originar a evolução ético-moral ou a tentativa de dominação e/ou destruição que se traduz em atos de violência. Diante do problema da violência, normalmente causada pelos reducionismos e supervalorização de algumas de nossas filiações, sentimo-nos
doi:10.18593/r.v43i2.19062 fatcat:3jifqtvdonakhfhp73lcr3abmu