Precarização estrutural e exploração da força de trabalho: tendências contemporâneas / Structural precariousness and exploitation of the workforce: contemporary trends

Angela Santana do Amaral
2018 Argumentum  
Este ensaio é resultado de pesquisa bibliográfica e documental. Objetiva apresentar elementos conceituais para entender a precarização do trabalho na contemporaneidade, vinculando-a aos processos de exploração capitalista. Analisa as tendências do movimento do capital para reestabelecer suas condições de reprodução. Conclui explicitando o significado e as medidas regressivas implementadas no âmbito do trabalho nas realidades da Europa mediterrânea e do Brasil.
doi:10.18315/argumentum.v10i3.19549 fatcat:bdvel7ilj5ezxa5z5cubaita7u