Conhecimento de mulheres sobre medidas de detecção precoce do câncer de mama

Lidia Santos Soares, Rayssa Goulart Valente, Ana Paula Barbosa Sobral, Maria da Anunciação Silva, Renilda Andrade De Oliveira, Karine Silva Nascimento
2018 HU Revista  
As atuais políticas de saúde voltadas para o câncer de mama recomendam ações de promoção da saúde e enfatizam o diagnóstico precoce e o rastreamento da doença. O objetivo do estudo é analisar o conhecimento de mulheres usuárias de uma Unidade de Saúde acerca das medidas de detecção precoce do câncer de mama. Pesquisa descritiva que utilizou o Levantamento (Survey) A coleta de dados foi realizada no primeiro semestre de 2015 no Centro de Saúde Nova Cidade, em Rio das Ostras/RJ. Participaram do
more » ... . Participaram do estudo 390 mulheres, usuárias do serviço. Utilizou-se um questionário com perguntas fechadas contendo variáveis socioeconômicas e de conhecimento das medidas de prevenção do câncer de mama. A partir das respostas obtidas, analises de estatística descritiva foram realizadas. Os resultados revelaram que a principal medida de detecção precoce utilizada pelas participantes foi o autoexame, mencionado por 67,4% das mulheres. Em seguida, pode-se citar o exame clínico das mamas relatado por 58,5% das mulheres e, por último, a mamografia, apontado por 47,2% delas. Neste sentido, faz-se necessário que os profissionais de saúde se sensibilizem para a detecção precoce do câncer de mama e ofereçam meios e informações às mulheres para a realização dos exames necessários. Ademais, torna-se premente que também incluam em suas agendas atividades de promoção da saúde voltadas para o câncer de mama, incentivando a adoção de hábitos alimentares saudáveis, práticas de atividade física, orientando as mulheres sobre os fatores protetores e fatores de risco da doença.
doi:10.34019/1982-8047.2017.v43.2715 fatcat:vgrnb2l3kbeqthyjck675rwjde