Flora arbórea na FLONA do Jamari, Rondônia

Renan de Lucena Kerber, Suelen Tainã Silva Fagundes, Cleidiane de Oliveira Satilho, Kenia Michele de Quadros Tronco, Jhony Vendruscolo, Marta Silvana Volpato Sccoti
2021 Research, Society and Development  
O presente trabalho teve por objetivo caracterizar a composição e a estrutura de espécies da flora arbórea ocorrentes em uma unidade de conservação de uso sustentável, a Floresta Nacional (FLONA) do Jamari, em Rondônia. A unidade de conservação está inserida no Bioma Amazônia, considerado como um dos biomas de maior biodiversidade. Os dados foram coletados em 17 parcelas de 50 x 100 m (8,5 ha) onde avaliou-se a vegetação com DAP ≥ 10,0 cm. Gerou-se a composição florística, a diversidade pelo
more » ... diversidade pelo Índice de Shannon (H') e equabilidade de Pielou (J), os parâmetros fitossociológicos e estoques por classe de DAP. Foram identificadas 151 espécies, distribuídas em 34 famílias. As famílias com maior riqueza foram Fabaceae, Moraceae e Lecythidaceae. A diversidade de espécies foi considerada alta e uniforme (H' = 3,87; J = 0,77). Houve dificuldades na identificação das espécies florestais. Portanto, enfatiza-se a importância de investimentos em pesquisas voltadas para essa área. Protium robustum; Peltogyne paniculata; Pouteria torta, Tachigali spp., Eschweilera spp. e Inga spp. representaram o maior percentual de valor de importância e estoques na floresta. O maior estoque em densidade de árvores, área basal e volume se concentrou nas árvores com DAP < 50 cm. De forma geral, a FLONA do Jamari se configura como importante Unidade de Conservação para o estado de Rondônia e Brasil, por conter uma biodiversidade da flora arbórea amazônica considerável e de grande valor ecológico e comercial.
doi:10.33448/rsd-v10i4.13915 fatcat:lgpe2qztsbb75b4qqllyuz6p6i