Modelos alométricos para estimativa da área foliar de mangueira pelo método não destrutivo

Samuel Ferreira da Silva, Patricia Alvarez Cabanez, Rodolfo Ferreira de Mendonça, Lucas Rosa Pereira, José Augusto Teixeira do Amaral
2015 Agro@mbiente On-line  
Resumo: A área foliar é uma das mais importantes medidas de avaliação do crescimento vegetativo; sendo assim, o conhecimento sobre tal aspecto permite estimar a perda de água por transpiração, devido às folhas serem os principais órgãos responsáveis pelas trocas gasosas entre a planta e o ambiente, tornandose importante o seu estudo. Dessa forma, objetivou-se com a realização deste trabalho testar e obter o melhor modelo matemático para estimativa da área foliar da mangueira (Mangifera indica
more » ... (Mangifera indica L.) cv. Haden em função das suas dimensões alométricas. Utilizou-se um pomar localizado na propriedade São Domingos, no município de Alegre, sul do Estado do Espírito Santo, onde foram coletadas 80 folhas de 20 mangueiras em outubro de 2013. As regressões foram determinadas considerando-se a área foliar real (AFR) como variável dependente, e o comprimento (C), a largura (L) e o produto das dimensões lineares (C x L) de cada folha, como variáveis independentes. Com base nos resultados obtidos, concluiu-se que a equação polinomial y= 4,7677+ 0,6934x -0,0001x 2 foi o melhor modelo matemático para estimar a área foliar da mangueira, com R² de 0,97. Os modelos que utilizam C x L são os mais adequados para estimar a área das folhas da mangueira, uma vez que apresentam maior correlação. Palavras-chave: Crescimento vegetativo. Dimensões foliares. Mangifera indica L. Modelos matemáticos. Abstract: Leaf area is one of the most important measures for evaluating the vegetative growth, and that their knowledge allows estimating water loss through transpiration, due to the leaves being the main organ responsible for gas exchange between the plant and the environment, making it important to its study. Thus, we intended to test this work and get the best mathematical model to estimate leaf area of mango (Mangifera indica L.) cv. Haden according to their dimensions Allometric. We used a greengrocer located in São Domingos property in the municipality of Alegre, southern Espírito Santo, which was collected 80 sheets of 20 hoses in October 2013. The regressions were determined considering the actual leaf area as the dependent variable and the length (L), width (W) and the product of the linear dimensions (L x W) of each sheet as independent variables. Based on these results, we conclude that the polynomial equation y= 4.7677+ 0.6934x -0.0001x 2 was the best mathematical model to estimate the leaf area of the hose, with R² of 0.97. Models using the product L x W are best suited to estimate the leaf area of the hose, since the highest correlation.
doi:10.5327/z1982-8470201500012134 fatcat:5wok4guo45brhmznn7rhw3bgc4