Crise política e propaganda Ateniense no teatro de Euripides

Maria do Céu Fialho
2011 Cadmo Revista de História Antiga  
A navegação consulta e descarregamento dos títulos inseridos nas Bibliotecas Digitais UC Digitalis, UC Pombalina e UC Impactum, pressupõem a aceitação plena e sem reservas dos Termos e Condições de Uso destas Bibliotecas Digitais, disponíveis em https://digitalis.uc.pt/pt-pt/termos. Conforme exposto nos referidos Termos e Condições de Uso, o descarregamento de títulos de acesso restrito requer uma licença válida de autorização devendo o utilizador aceder ao(s) documento(s) a partir de um
more » ... partir de um endereço de IP da instituição detentora da supramencionada licença. Ao utilizador é apenas permitido o descarregamento para uso pessoal, pelo que o emprego do(s) título(s) descarregado(s) para outro fim, designadamente comercial, carece de autorização do respetivo autor ou editor da obra. Na medida em que todas as obras da UC Digitalis se encontram protegidas pelo Código do Direito de Autor e Direitos Conexos e demais legislação aplicável, toda a cópia, parcial ou total, deste documento, nos casos em que é legalmente admitida, deverá conter ou fazer-se acompanhar por este aviso. Crise política e propaganda Ateniense no teatro de Euripides Autor(es): Fialho, Maria do Céu Publicado por: Resumo O objectivo deste estudo consiste em demonstrar que Eurípides concebeu cada uma das suas «peças atenienses» de acordo com objectivos diferentes, pedidos pela diferença dos contextos históricos da sua conturbada época e das questões políticas mais candentes dessa época que tocavam Atenas. Medeia deve também der incluída no grupo de peças euripidianas de propaganda política. Abstract This paper attempts to demonstrate how Euripides created each one of his «Athenian» tragedies according with different aims, asked by the different historical contexts of his disturbed historical time and the main political questions of that time, concerning Athens. Medea is also to be included in the group of Euripidean plays of political propaganda.
doi:10.14195/0871-9527_21_9 fatcat:icljne5nxrgk5akn44s6szuii4