O Imaginário no Sermão pelo Sucesso das Armas de Portugal contra as de Holanda, de Padre Antônio Vieira

Alair Matilde Naves
2020 Teoliterária: Revista Brasileira de Literaturas e Teologias  
Este artigo apresenta o imaginário presente no Sermão pelo Bom Sucesso das Armas de Portugal contra as de Holanda, de Padre Antonio Vieira. O objetivo é promover uma leitura contextualizada do sermão considerando o imaginário religioso da época, o período colonial em que viveu Padre Vieira. Para alcançar este objetivo, é considerada a noção do mito fundador da sociedade brasileira e do mundo português por meio de uma pesquisa bibliográfica de viés histórico e "viagem" analítica pelo próprio
more » ... ca pelo próprio sermão. O mito fundador é constituído por três elementos: uma elaboração simbólica chamada "Oriente" – lugar abençoado, uma "visão do paraíso"; uma compreensão da história sustentada pela vontade de Deus e realização das profecias bíblicas, e, uma compreensão medieval da figura do governante como "rei pela vontade de Deus". O imaginário colonial tem como tripé a Vontade, a Palavra e a Obra de Deus. O artigo proporciona uma "viagem" pelos tomos do Sermão na perspectiva do imaginário, abstraindo do texto os movimentos do orador e o cenário em que ocorre: a Igreja de Nossa Senhora da Ajuda, na Cidade da Bahia (Salvador) – na mesma ocasião em que o Brasil estava na iminência de uma invasão holandesa.
doi:10.23925/2236-9937.2020v21p557-588 fatcat:6g5fwwwq5fegxkw6h7kzjgfipe