Benthic Foraminifera During Pleistocene / Holocene Transition Offshore the Guanabara Bay - RJ
Foraminíferos Bentônicos Durante a Transição Pleistoceno/Holoceno da Plataforma Externa da Baía de Guanabara - RJ

F. E. RANGEL, C. G. VILELA, A. T. REIS, T. C. S. SOUZA, R. G. T. C. POÇO
2019 Anuário do Instituto de Geociências  
Resumo Este trabalho analisou assembleias de foraminíferos bentônicos em amostras de testemunho em área da plataforma externa em frente à baía de Guanabara no Rio de Janeiro, para observar mudanças paleoambientais e processos de deposição sedimentar. As coletas foram realizadas através de amostrador a pistão em isóbata de 155 m. Foram estudadas 42 amostras distribuídas, ao longo do testemunho PRIMA 4 de 3,30 m que foram tratadas em laboratório com metodologia especiica para foraminíferos. As
more » ... oraminíferos. As variáveis e os descritores faunísticos utilizados no presente trabalho foram a diversidade, a dominância e a equitatividade para a caracterização paleoambiental. Através de análises de agrupamento foi possível identiicar três biofácies de foraminíferos bentônicos AE/QQ, QQ/QC e CU/QQ. Resultados de datação radiométrica ( 14 C AMS) do testemunho Prima 4 revelaram que o testemunho possui sedimentos depositados durante o início da transgressão marinha que acompanhou a última deglaciação iniciada, globalmente, após o Último Máximo Glacial (LGM).Os padrões de distribuição vertical das espécies de foraminíferos no testemunho mostraram-se bastante variáveis, como resultado da resposta dos organismos às condições de deposição durante os últimos 28 mil anos A.P. Abstract This work analyzed benthic foraminifera assemblages in well core samples in the outer shelf in front of Guanabara Bay in the Rio de Janeiro, to observe paleoenvironmental change sand sedimentary deposition processes. Collects were done using a piston core sampler in an isobath of 155 m and it was recovered 3.30 m of sediments. A total of 42 samples along the core PRIMA 4 were studied, and were treated in the laboratory with speciic methodology for foraminifera. The faunistic variables and descriptors used in the present work were: diversity, dominance and equitability to paleoenvironmental characterization. The cluster analys is howed three benthic foraminifera biofacies AE/QQ, QQ/ QC and CU/QQ. The radiocarbon dating results (14C AMS) of the Prima 4 revealed the presence of sediments deposited during the beginning of the marine transgression that occurred in the last global deglaciation, after the Last Glacial Maximum (LGM). The benthic foraminifera vertical distribution pattern in the well core was quite variable, due to the response of the foraminifera to the deposition conditions during the last 28.000 years B.P.
doi:10.11137/2019_1_20_31 fatcat:lk52jdfmh5c6nhzucgj5xtgrou