Parâmetros histológicos cardíacos e renais de ratos espontaneamente hipertensos (SHR) submetidos ao treinamento em natação

Sara Helena Resende Carvalho, Giovanny Viegas R. Fernandes, Fernanda Aparecida Santos Silva, Nívia Carolina Nogueira Paiva, Claudia Martins Carneiro, Mauro César Isoldi, Antônio José Natali, Jamille Locatelli
2020 Brazilian Journal of Development  
Parâmetros histológicos cardíacos e renais de ratos espontaneamente hipertensos (SHR) submetidos ao treinamento em natação/ Cardiac and renal histological parameters of spontaneously hypertensive rats (SHR) submitted to swimming training RESUMO Objetivo: Verificar os efeitos de um programa de 6 semanas de treinamento em natação, frequência semanal de 5 dias, 60 minutos por dia, sobre os níveis pressóricos e as lesões histológicas cardíaca e renal de animais espontaneamente hipertensos (SHR).
more » ... ultados: O treinamento em natação reduziu os níveis de pressão arterial sistólica (PAS) em SHR (Exercitados: 151,4 ± 8,304 vs. Sedentários: 195,6 ± 6,347 mmHg; P < 0,05). A histologia dos rins revelou um menor dano glomerular entre os animais SHR exercitados (EX), em relação aos SHR sedentários (Sed). Os ratos Wistar, controles normotensos, apresentaram um dano renal menor, em relação aos animais SHR e não diferentes estatisticamente entre si. A hipertrofia cardíaca, analisada por histologia, também mostrou uma diminuição nos animais SHR EX em comparação com SHR Sed, demonstrada pela diferença significativa entre a largura dos cardiomiócitos.Conclusão: O exercício aeróbico de baixa intensidade pode ser utilizado como uma terapia não farmacológica para o tratamento da hipertensão arterial. Essa prática teve um efeito protetor contra danos causados pela hipertensão arterial ao coração e aos rins. Palavras-chave: hipertensão; natação; ratos espontaneamente hipertensos; cardiomiócitos; glomérulos. ABSTRACT Objectives: To verify the effects of a 6-week swimming training program, 5 days/week, 60 min/day, on blood pressure, cardiac and renal histopathology in spontaneously hypertensive animals (SHR) and compared to Wistar rats. Results: Swimming training reduced the levels of systolic blood pressure (SBP) in SHR (Exercitados: 151.4 ± 8.304 vs. Sedentários: 195.6 ± 6.347 mmHg; P < 0,05). Kidney histology revealed less glomerular damage among SHR EX animals, compared to sedentary SHR animals (Sed). Wistar rats, normotensive controls, showed less kidney damage than SHR animals and were not statistically different from each other. Cardiac hypertrophy, analyzed by histology, also showed a decrease in SHR EX animals compared to SHR Sed, demonstrated by the significant difference between cardiomyocyte width.Conclusion: Low-intensity aerobic exercise can be used as a non-pharmacological Brazilian Journal of Development Braz.
doi:10.34117/bjdv6n5-632 fatcat:tlx4uldeavbbxn5a2afw5ezlpi