DISTRIBUIÇÃO DOS VALORES DO IMC DE BRASILEIROS ESTUDANTES DE UMA ESCOLA PÚBLICA DA REDE MUNICIPAL DE PETROLINA-PE

Marcelo de Maio Nascimento, Mateus de Souza Rodrigues
2018 Revista CPAQV. Centro de Pesquisas Avançadas em Qualidade de Vida  
RESUMO Introdução: alterações do estado nutricional consistem em problemas sérios, que podem afetar o estado de saúde e o crescimento de escolares. Objetivo: analisar comparativamente o crescimento, prevalência da desnutrição e excesso de peso de crianças e adolescentes, estudantes de uma escola pública da rede municipal de Petrolina-PE, utilizando a curva de crescimento padrão de referência da Organização Mundial da Saúde (OMS). Material e Método: estudo transversal desenvolvido com dados
more » ... vido com dados secundários das avaliações antropométricas realizadas grupo PET-Biomecânica, nos anos de 2015, 2016 e 2017. Participaram do estudo 796 escolares, 383 meninos e 413 meninas, estudantes de uma escola pública da rede municipal de Petrolina-PE. A avaliação do estado nutricional foi realizada pelo cálculo do IMC (massa corporal (kg/ m2)/estatura2(cm), para classificação foi utilizado o escore Z, tendo como referência dados fornecidos pelo software WHO AnthroPlus versão 1.0.3/2007. Resultados: Foi verificado prevalência de 15,2% de peso acima do esperado. Desses, 13,1% eram meninos e 17,2% meninas. A prevalência do baixo peso observada foi de 2,8%, com 2,6% para o sexo masculino e 2,9% ABSTRACT Introduction: Changes in nutritional status consist of serious problems, which can affect the health status and growth of schoolchildren. Objective: to compare the growth, prevalence of malnutrition and overweight of children and adolescents students of a public school of the municipal network of Petrolina-PE, using the World Health Organization (WHO) standard reference growth curve. Material and Method: A cross-sectional study was carried out with secondary data from anthropometric assessments conducted in the PET-Biomechanics group, in the years 2015, 2016 and 2017. The study involved 796 schoolchildren, 383 boys and 413 girls, students of a public school of the municipal network of Petrolina-PE. The nutritional status was determined by the calculation of the BMI (body mass (kg/ m2)/height2 (cm), and the Z score was used as a reference, based on WHO AnthroPlus version 1.0.3 / 2007 software. Results: It was verified a prevalence of 15.2% of weight over than expected. Of these, 13.1% were boys and 17.2% girls. The prevalence of low weight was 2.8%, with 2.6% for males and 2.9% for females. Conclusion: The evaluated population showed control of malnutrition and overweight, showing, however, an indication of health risk for obesity classification.
doi:10.36692/cpaqv-v10n3-5 fatcat:5j5dc7fo2jfp7min4ux2cbr6uq