Cross-cultural adaptation of the Developmental Coordination Disorder Questionnaire for brazilian children

MSS Prado, LC Magalhães, BN Wilson
2009 Brazilian Journal of Physical Therapy  
Developmental Coordination Disorder (DCD) is considered a major health problem among school-aged children worldwide. Although there are several instruments to identify children with DCD, none of them are translated into Portuguese and validated to be used in Brazil. Objectives: Considering that a parent questionnaire is a simple and effective method to screen children with DCD, this study describes the adaptation of the Developmental Coordination Disorder Questionnaire (DCDQ) and the pilot
more » ... and the pilot testing with Brazilian children. Methods: Translation of the DCDQ into Portuguese was conducted according to current guidelines for cross-cultural adaptation of instruments. The questionnaire was completed by parents of 15 children with motor coordination problems and parents of 30 children who were typically developing, matched for age. Five parents randomly selected from each group completed the questionnaire twice, to examine test-retest reliability. The parent's opinion regarding the quality of the questionnaire was recorded. Results: 91% of Brazilian parents reported no difficulty in completing the DCDQ. Examination of psychometric properties revealed that two items had limitations due to cultural differences. After item substitution, sensitivity increased from 0.66 to 0.73 and test-retest reliability from 0.95 to 0.97. Internal consistency also increased from 0.91 to 0.92. Conclusions: The translated instrument shows potential as a screening tool for children in Brazil and should be further examined. Research with a larger sample is needed in order to define cut-off scores and verify the instrument's validity and clinical utility. The use of the DCDQ will allow the comparison of epidemiological data from different countries. Resumo Contextualização: O transtorno do desenvolvimento da coordenação (TDC) é considerado, em vários países, um grande problema de saúde para crianças. Apesar de existirem vários instrumentos para identificar o TDC, nenhum deles foi traduzido e validado para uso no Brasil. Objetivos: Considerando que um questionário de pais é um método simples e eficiente para fazer triagem de crianças com TDC, este estudo descreve a adaptação do Developmental Coordination Disorder Questionnaire (DCDQ) e o teste piloto com crianças brasileiras. Métodos: A tradução do DCDQ para o português foi feita de acordo com normas atuais para adaptação transcultural de instrumentos. O questionário foi respondido pelos pais de 15 crianças com problemas de coordenação motora e 30 crianças com desenvolvimento típico, emparelhadas por idade. Cinco pais de cada grupo, selecionados aleatoriamente, responderam ao questionário duas vezes para examinar a confiabilidade teste-reteste. A opinião dos pais sobre a qualidade do questionário foi registrada. Resultados: 91% dos pais brasileiros reportaram que não tiveram dificuldade para responder ao DCDQ. Exame das propriedades psicométricas revelou que dois itens apresentavam limitações devido a diferenças culturais. Após a substituição desses itens, a sensibilidade aumentou de 0,66 para 0,73, e a confiabilidade teste-reteste passou de 0,95 para 0,97. A consistência interna aumentou de 0,91 para 0,92. Conclusões: O questionário final mostrou bom potencial para ser examinado como instrumento de triagem no Brasil e deve ser melhor examinado. É necessário coletar mais dados para definir o ponto de corte e verificar a validade e a utilidade clínica. O uso do DCDQ vai contribuir para a comparação de dados epidemiológicos de diferentes países. Palavras-chave: Transtorno do desenvolvimento da coordenação (TDC); transtornos das habilidades motoras; triagem; tradução transcultural; questionário; reprodutibilidade dos testes.
doi:10.1590/s1413-35552009005000024 fatcat:h23do6u2hjdmvfuwkramjqyfky