COMPOSIÇÃO E ESTRUTURA DO COMPONENTE ARBÓREO DE MATA COM ACURI NO PANTANAL MATOGROSSENSE, BRASIL

Raquel Rejane Bonato Negrelle
2016 Ciência Florestal  
Visando contribuir para o maior conhecimento deste tipo florestal pantaneiro, apresenta-se resultado de levantamento florístico-estrutural realizado em área vulgarmente denominada de "Mata com Acuri", localizada na RPPN SESC Pantanal (Município de Barão de Melgaço - MT, Brasil - 16º45' S; 56º15' W). Os dados florísticos foram obtidos a partir de coletas sistemáticas de material botânico fértil e vegetativo efetuadas na área amostral e entorno desta. Para coleta de dados estruturais, a área foi
more » ... turais, a área foi subdividida em 100 parcelas contíguas de 10 m x 10 m. Dentro de cada uma destas parcelas, todos os indivíduos arbóreos com diâmetro a altura do peito igual ou superior a 5,0 cm e palmeiras foram identificados, mensurados e mapeados, utilizando-se o sistema de coordenadas. Foram amostrados 1224 indivíduos ha-1, representativos de 44 espécies, 43 gêneros e 27 famílias; índice de diversidade H' = 1,613 (var. 0,003514). Famílias com maior diversidade: Fabaceae (9 spp.), Sapindaceae e Anacardiaceae (3 spp. cada), Bignoniaceae, Malvaceae, Moraceae e Rubiaceae (2 spp. cada). Dentre as espécies amostradas, 39% eram perenifólias; 32% semidecíduas e 29% decíduas. Do total de indivíduos arbóreos amostrados (n=440), 51% eram decíduos; 23% semidecíduos e 26% perenifólios. Attalea phalerata foi a espécie que com maior valor de importância (VI= 121,62), devido à sua alta densidade (64% do total de indivíduos amostrados), frequência (100%) e elevadíssima área basal (74,10 m2.ha-1). Com valores subsequentes registraram-se Anadenanthera colubrina, Triplaris americana e Phyllostylon rhamnoide (VI= 35,41; 28,51; 18,5, respectivamente). A área estudada foi identificada como bastante peculiar em relação a outros locais representativos de Floresta Estacional, especialmente pela presença massiva de Attalea phalerata e ausência de representantes de Myrtaceae. A grande representatividade de espécies pioneiras em associação à elevada densidade de indivíduos dentro desta categoria sucessional reforça o caráter de formação transicional da Mata com Acuri. Em função da alta porcentagem de espécies decíduas e semidecíduas registradas para a área de estudo, classificou-se esta como sendo representativa de Floresta Estacional Decidual.
doi:10.5902/1980509822759 fatcat:2q7bsgclcbbwfgmcoy3sva75om