ENTREVISTA Tolkien e a Literatura Celto-Germânica

Realizada Por, Luciana De Campos, Johnni Langer, Profa Dra, Maria Lenita, Esteves
unpublished
Principais livros traduzidos (em co-tradução de Almiro Pisetta): O hobbit. São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora, 1995. O senhor dos anéis-A sociedade do anel. São Paulo: Livraria Martins Fontes Editora, 1994. O senhor dos anéis-As duas torres. São Paulo: Livraria Martins Fontes. O senhor dos anéis-O retorno do rei. São Paulo: Livraria Martins Fontes. 1. Johnni Langer (JL): Professora, quais foram as principais razões que a levaram a traduzir a obra de J. Tolkien, bem como realizar estudos
more » ... mo realizar estudos acadêmicos sobre este autor? Lenita Esteves (L.E.): Na verdade, nunca realizei pesquisa acadêmica sobre Tolkien. Minha pesquisa sempre girou em torno da tradução, em termos mais genéricos. O convite a traduzir os livros do Tolkien foi uma oportunidade muito legal e importante na minha vida. Eu aceitei porque tinha a expectativa de que seria um trabalho instigante e muito rico, como realmente foi. 2. JL: Em nosso país, ainda existe certa relutância nos estudos acadêmicos da chamada literatura fantástica (incluindo os gêneros da ficção científica, terror e aventuras épicas-este último onde podemos enquadrar a obra de Tolkien), denominadas por muitos estudiosos como sub-gênero literário ou "obras menores". Como você percebe essa perspectiva? L.E.: Acho que a relutância não é "privilégio" brasileiro. Em geral, o Brasil segue muito os modelos acadêmicos estrangeiros, e a verdade é que o Tolkien não é em geral considerado, no meio acadêmico, como um autor "primeira linha". Isso porque o tipo de literatura que ele produz está, como você mesmo disse, no campo da fantasia, ou do
fatcat:tpet777mvjardpkrevtdsarscy