Impactos socioeconômicos de uma doença emergente

Márcia Grisotti, Fernando Dias de Ávila-Pires
2011 Ciência & Saúde Coletiva  
Em 1995, ocorreu uma praga de lesmas identificadas como Sarasinula linguaeformis (Semper, 1885), que prejudicou as lavouras situadas entre os municípios de Nova Itaberaba e Planalto Alegre, no oeste do estado de Santa Catarina, Brasil. Neste artigo analisamos os impactos socioeconômicos provocados pela ocorrência desta praga, que sinalizou a possibilidade, posteriormente verificada, da emergência de casos de angiostrongilíase abdominal. Os dados foram coletados através de observação do estudo
more » ... ervação do estudo soroepidemiológico realizado na região durante o período de agosto de 2000 a agosto de 2001 pela equipe de pesquisa da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), entrevistas com técnicos da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina S.A. (Epagri-SC) e com cinquenta famílias locais. Para avaliar esses impactos, elaboramos algumas categorias de análise, como: prejuízo econômico; medidas preventivas e mudança de hábitos; estigma e preconceito, que surgiram à luz das narrativas dos sujeitos entrevistados. Ficou evidente a necessidade de se procederem a estudos sobre os aspectos sociológicos dos problemas epidemiológicos, além dos estritamente médico-sanitários.
doi:10.1590/s1413-81232011000200028 pmid:21340340 fatcat:v3x4slcijrf37lmm7pg3yuamoa