Frequência e os aspectos epidemiológicos de afecções podais em ovinos na região da Zona da Mata do estado de Alagoas

Emikael Da Silva Lima et al.
2017 Revista Acadêmica  
Resumo As enfermidades podais geram grandes perdas à ovinocultura, no entanto, muitas vezes elas não são corretamente identificadas. Em virtude da escassez de artigos relacionados a essa temática no Estado de Alagoas, o objetivo deste trabalho foi estabelecer a frequência das doenças podais e os fatores que predispõem a sua ocorrência nas propriedades de ovinos na região da Zona da Mata alagoana. Foram realizadas visitas às propriedades e aplicados questionários epidemiológicos semiestruturados
more » ... os semiestruturados para obtenção das informações referentes ao sistema de manejo e ocorrência anterior da doença. Na oportunidade da visita, todos os animais foram examinados, identificados os enfermos e registradas as lesões. Entre junho/2016 a fevereiro/2017, foram visitadas oito propriedades nos municípios de Viçosa, Chã Preta, Paulo Jacinto e Tanque D'arca. Foram examinados 290 animais, entre mestiços das raças Dorper e Santa Inês. O tamanho dos rebanhos variou entre 14 e 72 animais. De acordo com os proprietários, em algum momento os ovinos manifestaram um quadro de claudicação. No entanto, apenas uma (12,5%) das propriedades não apresentou animais acometidos no momento da visita. 15% (40/290) dos animais apresentaram pelo menos um tipo de alteração, em um ou mais cascos, totalizando 66 membros acometidos. A avaliação clínica identificou que a dermatite interdigital foi mais frequente, acometendo 47,5% (19/40) dos animais e afetando 32 membros, seguida da pododermatite interdigital em 32,5% (13/40), com 14 membros doentes. Em seguida, crescimento excessivo dos cascos em 30% (12/40), lesionando 18 membros, e abscesso do casco em 5% (2/40) dos animais, comprometendo 2 membros. Dos animais com pododermatite infecciosa, 62,2% (9/13) apresentavam escore 2, 5,4% (2/13) apresentavam escore 3 e 15,4% (2/13) escore 4. Os animais jovens (até 1 ano e meio) foram os mais acometidos (22), sendo observados mais casos de dermatite interdigital. 13,6% (28/205) ovinos mestiços da raça Dorper e 14,11% (12/85) mestiços Santa Inês apresentaram alguma alteração nos cascos. O tipo de solo não influenciou na frequência das lesões, no entanto, nas propriedades
doi:10.7213/academica.15.s02.2017.214 fatcat:mbjonlyy2necjma6vczug3kgrq