Aporte de serrapilheira e de nutrientes em fragmentos florestais da Mata Altântica, RJ

Juvenal M. Gomes, Marcos G. Pereira, Fátima C. M. Piña-Rodrigues, Guilherme H. A. Pereira, Fábio R. Gondim, Eliane M. R. Silva
2010 Revista Brasileira de Ciências Agrárias  
Aporte de serapilheira e de nutrientes em fragmentos florestais da Mata Atlântica, RJ 1 RESUMO Objetivando avaliar os efeitos da fragmentação sobre a deposição de serapilheira e a transferência de nutrientes, instalou-se um experimento em quatro remanescentes florestais de diferentes tamanhos (3,2; 8; 23 e 62 ha) e graus de perturbação, no município de Teresópolis-RJ. O aporte de serapilheira foi avaliado por meio de coletores cônicos, e o conteúdo dos nutrientes cálcio, magnésio, fósforo e
more » ... ésio, fósforo e potássio, foi determinado na fração folhas e nos solos. A deposição de serapilheira apresentou padrão sazonal, com o maior aporte observado na transição do período seco para o úmido. O maior aporte ocorreu no fragmento de 8 ha no início da estação chuvosa e, independente do fragmento, a fração foliar foi a que mais contribuiu para o aporte total. Não foi verificada diferença no padrão de deposição de serapilheira entre a borda e o interior dos fragmentos, não sendo também observada correlação com o tamanho dos remanescentes avaliados. O aporte de nutrientes apresentou relação com o tamanho dos fragmentos. K e Ca foram os nutrientes aportados em maior quantidade, com valores bastante variáveis entre os meses e as áreas. Palavras-chave: Ciclagem de nutrientes, fragmentação, indicadores bióticos Litter fall and nutrient contribution in forest fragments on the Atlantic forest, RJ, Brazil ABSTRACT To evaluate the effect of fragmentation on litter deposition and nutrients transfer, an experiment was carried out in four forest remnants of different sizes (3.2, 8, 23 and 62 ha) and degrees of disturbance in Teresópolis-RJ, Brazil. Litter contribution was evaluated by conical collectors, and calcium, magnesium, phosphorus and potassium contents were determined in the leaf fraction and in soils. Litter showed seasonal patterns, and the highest litter production was observed in the transition from dry to wet season. The highest contribution was observed in the fragment of 8 ha in the beginning of the rainy season and, regardless of the fragment, leaves fraction contributed the most in the total contribution. There was no difference in the pattern of litter fall contribution between the edge and the interior of the fragments, and no correlation with the size of the assessed remaining. Nutrients contribution was correlated with the fragments size. K and Ca were the nutrients contributed in larger quantity, and their values vary considerably between months and areas.
doi:10.5039/agraria.v5i3a552 fatcat:qna6pgquevcnteyfmk3dqoazrq