Alkalinized sewage sludge affects nutrition and growth of common bean cultivated in Ferralsols

Daniel Ramos Pontoni, Beatriz Monte Serrat, Giovana Clarice Poggere, Julierme Zimmer Barbosa, Eloá Moura Araujo, Rodrigo Studart Corrêa, Antônio Carlos Vargas Motta
2020 Agrarian  
A aplicação de lodo de esgoto alcalino em solos agrícolas aumentou, mas as implicações nutricionais para as culturas ainda são pouco exploradas. Com o objetivo de avaliar o efeito do lodo de esgoto alcalinizado na nutrição e crescimento do feijoeiro (Phaseolus vulgaris L.), foi realizado experimento em casa de vegetação com três Latossolos e três tipos de lodo de esgoto. Amostras de Latossolos (texturas franca, muito argilosa e argilosa) foram coletadas em três regiões geologicamente distintas
more » ... icamente distintas do estado do Paraná, Brasil: arenito, basalto e argilito. Amostras de lodo de esgoto foram estabilizadas com calcário e posteriormente misturadas com as amostras de solo. Lodo de esgoto alcalinizado e calcário foram aplicados aos solos nas taxas correspondentes a 50, 100, 150 e 200% da quantidade necessária para o solo atingir pH 5,5. Aos 67 dias após emergência, foram medidas a altura das plantas, matéria seca da parte aérea e composição elementar das folhas. Em comparação ao calcário, o lodo alcalinizado promoveu maior produção de matéria seca da planta nos solos argilosos. O lodo de esgoto alcalinizado aplicado aos solos resultou em maiores teores de Zn e P na parte aérea da planta do que o calcário, enquanto ambos os corretivos reduziram os teores de K e Mn na parte aérea. A relação Fe/Mn mostrou ser muito efetivo para explicar sintomas foliares que foram observados sob condição de elevada acidez. O lodo alcalinizado apresentou desempenho superior quanto à nutrição e promoção do crescimento do feijoeiro no solo argiloso.
doi:10.30612/agrarian.v13i48.10209 fatcat:blwmlhm4tvd3hbdwuaben72tym