ANÁLISE TEMPORAL DA RELAÇÃO ENTRE O USO DA TERRA E A MORFOLOGIA DO TERRENO EM ÁREAS URBANAS: BACIAS DOS RIBEIRÕES GUACURI E APURUS, REPRESA BILLINGS (SP)

Viviane Dias Alves Portela
2015 Revista do Instituto Geológico  
O trabalho teve por objetivo efetuar a análise temporal da relação entre o uso da terra e a morfologia do terreno, nas bacias dos ribeirões Guacuri e Apurus, margem direita do reservatório Billings, Região Metropolitana de São Paulo. Para se atingir esse objetivo foram feitas correlações entre parâmetros morfológicos (hipsometria, declividade, unidades morfológicas) e o uso da terra das bacias no período de 1962 a 2001. Observou-se ao longo do período a crescente ocupação pelas Autoconstruções
more » ... as Autoconstruções das áreas de risco, caracterizadas pelas vertentes côncavas com maior declividade, enquanto as Habitações Planejadas ocuparam áreas de baixa declividade (topos convexos e colos). As atividades antrópicas promoveram mudanças na morfologia original (cortes e aterros), que modificaram a dinâmica geomorfológica tanto em superfície quanto em subsuperfície, provocando a intensificação dos fluxos superficiais, exposição de material antes protegido pela cobertura vegetal às intempéries, diminuição das taxas de infiltração do solo entre outros. A partir das correlações, foi possível identificar três estágios sucessivos de desenvolvimento urbano. O período suburbano retratado em 1962 ilustra as condições mais próximas do quadro natural, quando ainda predominava a cobertura vegetal e a intervenção na morfologia do relevo era baixa. Entre 1962 e 1994, o "período de construção" caracteriza-se pelo predomínio das superfícies em exposição. Por fim, o "período urbano desenvolvido" (1994 a 2001) caracteriza-se pela diminuição da cobertura vegetal e das superfícies em exposição, que deram lugar ao aumento e a consolidação da ocupação urbana. ABSTRACT TEMPORAL ANALYSIS OF THE RELATIONSHIP BETWEEN LAND USE AND LAND MORPHOLOGY IN URBAN AREAS: DRAINAGE BASINS OF GUACURI AND APURUS RIVERS, BILLINGS RESERVOIR (SP) . The objective of this work was to analyze the relationship between land use and land morphology in the Guacuri and Apurus river basins, on the right bank of the Billings Reservoir, located in the metropolitan area of São Paulo. In order to achieve this objective, correlations between morphological parameters (hypsometry, slope, morphological units) and land use were made for the basins from 1962 to 2001. Throughout this period, an increasing number of self-build houses and buildings was observed in risk areas, which are characterized by concave hillside and steep slopes, whereas planned constructions were built in low-slope areas (convex hill tops and saddles). The anthropic activities caused changes in the original morphology (cuts and embankments), which modified the geomorphological dynamics in both surface and subsurface layers, increasing surface flow, exposing to weather agents the material previously protected by vegetation, reducing soil infiltration rates, among others. Based on the correlations, it was possible to identify three successive stages of urban development. The first stage, the "sub-urban period", was observed in 1962, when the conditions were similar to the original one, with dominant vegetation cover and few changes in terrain morphology. Between 1962 and 1994, the "construction period" was characterized by the predominance of exposed areas. Finally, the third stage, the "developed-urban period" (1994 to 2001), was characterized by a reduction in vegetation cover and exposed areas, which gave rise to an increase in the consolidation of urban sprawl.
doi:10.5935/0100-929x.20150006 fatcat:ikcxhprsh5ft3hkrtdimto4bhe