O ADVENTO DA REPÚBLICA EM PORTUGAL E A DITADURA DE SIDÓNIO PAIS: AVANÇOS E RECUOS SIMBÓLICOS E IMAGÉTICOS

Ana Saldanha
2018 LABIRINTO  
RESUMO Debruçar-nos-emos sobre o período que decorre entre a instauração da República, a 5 de outubro de 1910 e o período ditatorial sidonista. Consideramos que a cada um destes períodos corresponde a manifestação de um imaginário social, ao qual subjazem determinadas imagens e símbolos. Neste sentido, consideramos que durante a instauração da República, o poder que viria a ser dominante, e que derruba a monarquia, recorre a uma imagética e simbologia em que a força de um coletivo supera a
more » ... etivo supera a ideia até então predominante de um herói nacional-esta última consubstanciada num imaginário religioso-imperial e sebastianista -, a qual, no entanto, vir-se-ia a manifestar, de novo, durante a ditadura sidonista. Palavras-Chave: imaginário; República; Sidónio Pais; herói individual; herói coletivo. ABSTRACT We shall look at the period between the establishment of the Republic on 5 October 1910 and the Sidónio Pais dictatorial period. We consider that each one of these periods correspond to a specific social imaginary, to which certain images and symbols underlie. In this sense, we consider that during the establishment of the Republic, the power that would become dominant, and that overthrows the monarchy, appealed to an imagery and symbolism in which the strength of a collective surpasses the idea of a national hero (that until then prevailed), which, however, would be manifested, again, during the Sidónio Pais dictatorship.
doi:10.47209/1519-6674.v.28.n.1.p.143-160 fatcat:ahm6gs64ivatvcdpfzstcxxnzm