Gênese do cân. 1097 do Código de Direito Canônico (Uma nova interpretação do cân. 1083, § 2, 1o, do Código Pio – Beneditino)

João Carlos Orsi
2013 Revista de Cultura Teologica  
A interpretação comum da doutrina e da jurisprudência a respeito do erro redundante nos primeiros 40 anos depois da promulgação do Código pio – beneditino, foi aquela de Tomás Sánchez, isto é, de que a qualidade deve ser individuante
doi:10.19176/rct.v0i62.15631 fatcat:vwliktfilnh3zbwzuoraiue5dy