Comparação de metodologias para a determinação do pH e do ponto de congelamento do leite bovino cru sob diferentes características de conservação

Viviane Maia de Araújo, Laerte Dagher Cassoli, Aline Zampar, Augusto Cesar Lima da Silva, Carlos Tadeu dos Santos Dias, Paulo Fernando Machado
2011 Revista Brasileira de Zootecnia  
Objetivou-se comparar metodologias de referência com a espectroscopia de infravermelho com transformada de Fourier para análises do pH e do ponto de congelamento sob diferentes condições de conservação em amostras de leite bovino cru. Foram coletadas amostras de leite de tanques de expansão em 57 propriedades. Cada amostra foi subdividida em 45 frascos (40 mL), que foram distribuídos de acordo com a temperatura de armazenamento (-20; 7 e 25ºC), a idade da amostra (0, 3, 6 e 9 dias) e os níveis
more » ... dias) e os níveis de adição de água (0, 2, 4 e 6%). Foi adicionado bronopol a 44 frascos e um foi mantido sem adição do conservante para controle. O pH e o ponto de congelamento foram determinados pela metodologia de referência (potenciômetro e crioscópio eletrônico, respectivamente) e pela metodologia alternativa por meio do equipamento MilkoScanTM FT+. Os resultados obtidos em cada metodologia nas diferentes condições de conservação das amostras foram avaliados por análise de variância e comparação de médias. A análise de regressão linear foi realizada para avaliar as metodologias (referência e alternativa) quanto aos resultados do ponto de congelamento em função da idade da amostra. O bronopol não alterou as médias de pH, porém reduziu o ponto de congelamento. Foram calculados fatores de correção para eliminar esse efeito nos resultados do ponto de congelamento. As médias de pH em amostras com três dias, mantidas a -20 e 25ºC foram mais baixas que as amostras a 7ºC. A idade da amostra influenciou os resultados de pH quando as amostras foram submetidas a 25ºC. O aumento da temperatura de armazenamento para 25ºC reduziu as médias do ponto de congelamento em amostras sem adição de água e com nove dias de armazenagem. O aumento na idade da amostra a -20 e 7ºC não tem efeito sobre médias do ponto de congelamento. Há forte correlação entre as metodologias em função da idade da amostra para o ponto de congelamento.
doi:10.1590/s1516-35982011000700030 fatcat:xz6idnpk3vbj3gvhr25zc4okfe