Do gozo fálico ao gozo do Outro

Maria das Graças Leite Villela Dias
2008 Ágora: Estudos em Teoria Psicanalítica  
Para além da significação fálica, fato de estrutura tanto para o sujeito masculino quanto para o sujeito feminino, Lacan aponta para um outro tipo de gozo: um gozo suplementar, o gozo do Outro, o gozo feminino, para além do falo. Do S1, significante do gozo fálico, que inscreve a lógica da significação fálica, tal como é demonstrado por meio da formulação do discurso do mestre, Lacan passa ao S (A) como forma de escritura da inexistência do Outro sexo e da conseqüente impossibilidade da relação
more » ... bilidade da relação sexual, tal como é comprovado na escrita da fórmula algébrica do discurso do analista.
doi:10.1590/s1516-14982008000200006 fatcat:5w5256r3yvft7jhkkzxoayrijy