Mídias locativas e realidade mixada: a produção de sentidos sobre o digital-virtual a partir da cartografia com suporte das tecnologias digitais

Daniel De Queiroz Lopes, Carla Beatris Valentini
2012 Educação Unisinos  
Resumo: O presente artigo problematiza o campo de tensões que tem surgido a partir da emergência de uma cultura digital em escolas públicas que participam de projetos de inclusão digital. Com base nos pressupostos teórico-epistemológicos das ecologias cognitivas e de acoplamento estrutural, discutimos a produção de sentidos sobre o digital-virtual como caminho necessário para a abertura de novos possíveis em relação ao uso das tecnologias digitais na educação. Foi realizada uma oficina
more » ... ma oficina exploratória com professores de uma rede estadual de ensino público, envolvendo a cartografia local com suporte das tecnologias digitais, as mídias locativas e a realidade mixada. A oficina objetivava provocar nos participantes uma experiência estética e informacional para a produção de sentidos sobre o digital-virtual a partir de uma dupla apropriação -tecnológica e simbólica -utilizando tecnologias como marcadores QRCode, mídias digitais, geolocalização e publicação em blog. Evidenciamos por parte dos professores o sentido de digital-virtual como tecnologia para ampliação da experiência física, do tempo e do protagonismo entre professores e alunos. Finalizamos discutindo o "fazer parte" de uma cultura digital a partir da exigência de uma reconfiguração das práticas pedagógicas e seus respectivos regimes cognitivos, regimes de autoridade, e da própria noção de sociabilidade em relação ao processo educacional. Palavras-chave: mídias locativas, realidade mixada, cartografi a, ecologia cognitiva, inclusão digital. Abstract: This paper discusses the fi eld of tension that has arisen from the emergence of a digital culture in public schools that participate in digital inclusion projects. Based on the theoretical and epistemological assumptions of cognitive ecologies and structural coupling, we discuss the production of meanings about the virtual-digital as a necessary path for the opening of new possibilities regarding the use of digital technologies in education. We performed an exploratory workshop with teachers of a statewide network of public education, involving local cartography supported by digital technologies, locative media and mixed reality. The workshop was designed to lead participants to an informational and aesthetic experience for the production of meanings about the virtual-digital on the basis of a dual -technological and symbolical -appropriation using technologies such as QRCode markers, digital media, geolocation and publishing in a blog. The teachers showed an understanding of the virtual-digital as a technology that can expand physical experience, the experience of time and protagonism among teachers and students. We conclude by discussing the "being part of" a digital culture on the basis of the demand for a reconfi guration of pedagogical practices and their cognitive regimes, regimes of authority and the very notion of sociability in relation to the educational process.
doi:10.4013/edu.2012.163.02 fatcat:y3xmmpzvnrbefa7ncie6dbd3d4