PREVENÇÃO DE PNEUMONIA ASSOCIADA À VENTILAÇÃO MECÂNICA: UM ESTUDO OBSERVACIONAL

Jocelio Matos Amaral, Olguimar Pereira Ivo
2016 Revista Enfermagem Contemporânea  
Os objetivos desse estudo foram identificar a incidência de pneumonia, associada à ventilação mecânica, em uma UTI Adulto e avaliar se as medidas para prevenção do referido evento adverso são realizadas. Metodologia: Trata-se de um estudo observacional sistemático, não participante, de aspecto prospectivo, associado à pesquisa documental, de natureza quantitativa. Resultados e Discussão: A densidade de incidência dessa pneumonia foi de 84,74/1000 ventiladores-dia. Dos 20 participantes da
more » ... icipantes da pesquisa, 50,0% a adquiriram (n=10), a taxa de mortalidade foi de 60,0% (n=12) e dos pacientes que foram a óbito, 66,6% (n=8) tiveram pneumonia associada à ventilação mecânica. Na maioria dos casos (62,3%), a cabeceira da cama encontrava-se em altura inadequada, nenhum paciente foi monitorizado quanto à pressão correta do cuff do tubo orotraqueal e nenhum paciente foi submetido à aspiração subglótica. Os cuidados de higiene oral com clorexidine, o uso de protetores gástricos e a interrupção diária da sedação foram adequadamente realizados. Considerações finais: Constatou-se a necessidade de implantação de protocolos eficazes de elevação adequada da cabeceira, bem como a aquisição de cuffômetro e do sistema de aspiração subglótica, como equipamentos indispensáveis para prevenção de pneumonia associada à ventilação mecânica, assegurando-se dessa forma a melhor qualidade da assistência, tão almejada pelas instituições de saúde.
doi:10.17267/2317-3378rec.v5i1.926 fatcat:vks5kjbmhveola3x3yhbwfgjuu