Cidade ideal, cidade real, modernidade e exotismo nas representações do quiosque carioca (1871-1911)

Viviane Da Silva Araujo
2019 Revista ECO-Pós  
O presente artigo examina a construção de uma imagem de exotismo associada aos quiosques implantados no Rio de Janeiro em 1871 e eliminados em 1911 por meio de representações escritas e visuais, em especial a série fotográfica na qual Augusto Malta registrou os quiosques na véspera de sua extinção. Se estes estabelecimentos surgiram no Rio a partir de um desejo de tornar a cidade mais parecida com as européias, em poucos anos eles haviam se convertido em elementos que segundo as autoridades
more » ... as autoridades municipais e setores das elites intelectuais, conferiam à cidade uma aparência mais exótica e atrasada do que moderna e civilizada. O artigo analisa a especificidade dessa série fotográfica e as maneiras pelas quais ela se relaciona a concepções prévias, estereotipadas e exotizantes produzidas sobre os quiosques, sua freguesia e seu papel na cidade.
doi:10.29146/eco-pos.v22i3.27416 fatcat:epei2siyz5fi7dixz6dqdslxfy