A CRIANÇA ASMÁTICA NA FA1MIÍLIA: ESTUDO DE UMA REPRESENTAÇÃO

Denise Rasia Bosi, Alberto Olavo Advincula Reis
2000 Journal of Human Growth and Development  
O presente trabalho, que teve por fio condutor a Teoria das Representações Sociais, articulada à Teoria Psicanalítica, buscou apreender a representação social da família acerca da criança asmática. Para tanto, contou-se com a colaboração de cinco famílias. O material de estudo foi obtido por meio de entrevistas domiciliares, semi-estruturadas, sendo utilizado o método de análise de conteúdo. Foram levantadas questões concernentes ao conhecimento da doença e ao impacto que o seu diagnóstico
more » ... eu diagnóstico produz no ambito das relações familiares. Foram analisados alguns pontos emergentes, como a questão da hereditariedade e da culpabilidade, a negação e o medo, os sentimentos de ambivalência e impotência que permeiam as relações mães-filhos, além do uso da doença como máscara para ocultar uma possível estrutura familiar conflituosa.
doi:10.7322/jhgd.39635 fatcat:whupgzp2fbalhfdpjy2levvff4