Adiando o fim do mundo em tempos de pandemias: potências do 'sentirfazerpensar' com gestos e histórias

Leonardo Rangel Dos Reis, Rosa Helena Mendonça, Ivan De Matos E Silva Junior
2020 REMEA - Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental  
O presente ensaio, a partir da metodologia das conversas e das 'cineconversas', e, primordialmente, das lições indígenas e africanas de uso das histórias nos processos de 'aprenderensinar', entra na dramática situação de novos 'espaçostempos' criados pela pandemia do Coronavírus (COVID-19), na vida de bilhões de pessoas em todo o mundo. Desse modo, busca-se retratar os modos de 'sentirfazerpensar' presentes na circulação dos movimentos cotidianos. A importância de contar histórias, de dançar,
more » ... órias, de dançar, de cantar, de conversar é fulcral nesses processos. Também procura compreender as ressonâncias que esses movimentos criam nas redes educativas, e com a ecologia de 'fazeressaberes'. Nessa perspectiva, a valorização da educação inspirada nas pedagogias insurgentes que nos ensinam a conversar, dançar, cantar, contar histórias, insinuam novos devires e acordos, porque ampliam as potências dos movimentos cotidianos.
doi:10.14295/remea.v0i0.11185 fatcat:347gx2axubdrle53qgdabae3za