El constitucionalismo español y portugués durante la primera mitad del siglo XIX (un estudio comparado)

Joaquín Varela Suanzes-Carpegna
2007 Estudos Ibero Americanos  
O artigo examina o desenvolvimento do processo constitucional na Península Ibérica desde os primeiros momentos em que o movimento liberal ganha força. Na Espanha, as Cortes reunidas em Cádiz conseguem promulgar, em 1812, uma Constituição que passará a ser um importante modelo para os revolucionários de então. Já em Portugal, a revolução constitucional chega logo depois da restauração liberal espanhola, em 1820, inaugurando uma nova era. Segue-se o estudo dos avanços e das vicissitudes do
more » ... issitudes do constitucionalismo peninsular durante toda a primeira metade do século XIX. Abstract This article examines the development of the constitutional process at the Iberian Peninsula since the first moments, when the legal movement gains force. In Spain the united court in Cadiz succeed to promulgate in 1812 a Constitution, which turns out to be an important model for the revolutionaries at that time. In Portugal the constitutional revolution arrives shortly after the Spanish liberal restoration in 1820 inaugurating a new era. It follows the study of the progress and vicissitudes of the constitutionalism peninsular during the first half of the 19th century. Palavras-chave: Constitucionalismo ibérico. Liberalismo. Revoluções liberais. Key words: Iberian constitucionalism. Liberalism. Liberal revolutions.
doi:10.15448/1980-864x.2007.1.2239 fatcat:s7yincc72bbp7mseyylyh7yxwe