Uso inadequado de áreas de preservação permanente segundo a legislação ambiental

Sérgio Campos, Marina Granato, Débora Araújo, Teresa Pissarro, Flávia Rodrigues
2009 unpublished
Resumo: O presente trabalho visou analisar o uso inadequado de áreas de preservação permanente segundo a legislação ambiental da microbacia do Córrego Três Barras -Botucatu (SP) através do uso de Sistema de Informações Geográficas -SIG Idrisi Andes 15.0 e de imagem de satélite digital. A área com 1639,19ha, situa-se entre as coordenadas planas: 763968 a 768484 de longitudes W e 7471516 a 7476168 de latitude S. O mapa de uso do solo de 2006 foi obtido a partir da classificação supervisionada em
more » ... supervisionada em imagem de satélite digital de 23/10/2006. Na identificação digital dos alvos foram utilizadas as chaves de interpretação para imagens e as áreas determinadas através do software SIG -Idrisi. A área de APP discriminada ao longo da rede de drenagem foi de 137,93ha (8,41%) . No entanto, 40,68ha da área de APP está ocupada com pastagem (19,08%), arroz irrigado (8,61%, cultura anual (0,91% e reflorestamento (0,89%) de forma inadequada (conflito). Portanto, 70,51% de área de APP vem sendo parcialmente utilizada adequadamente. Palavras Chaves: microbacia, sensoriamento remoto, Software Idrisi Andes 15.0. Abstract: The present work sought to analyze the inadequate use of permanent preservation areas (PPA)according to the environmental legislation of the Stream Três Barras watershed -Botucatu (SP) through the use of Geographical Information System -SIG Idrisi Andes 15.0 and of digital satellite image. The area with 1639,19ha, locates among the plane coordinates: 763968 to 768484 of longitudes W and 7471516 to 7476168 of latitude S. The map of soil use of 2006 was obtained starting from the classification supervised in digital satellite image of 23/10/2006. In the digital identification of the objectives the interpretation keys were used for images and the certain areas through the software SIG -Idrisi. The area of PPA discriminated along the drainage net was of 137,93ha (8,41%). However, 40,68ha of the area of PPA are busy with pasture (19,08%), irrigated rice (8,61%, annual culture (0,91% and reforestation (0,89%) in an inadequate way (I conflict). Therefore, 70,51% of area of PPA have been used partially appropriately. 1.Introdução As áreas de proteção permanentes forma instituídas para preservar o meio ambiente, devendo estar cobertas com vegetação original, pois a cobertura vegetal minimiza os efeitos do processos erosivos e a lixiviação dos solos, contribuindo para a regularização do fluxo hídrico. O levantamento e o mapeamento das degradações sofridas pelo meio ambiente é muito importante no conhecimento da realidade uso da terra e suas relações com as áreas de proteção permanentes, pois permitem estudos e planejamentos de atividades urbanas e rurais, bem como 373 4 3 artigo anterior 9 Anais II Seminário de Recursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Paraíba do Sul: Recuperação de Áreas Degradadas, Serviços
doi:10.4136/serhidro.48 fatcat:wlrjvskj7vf7bg6gz4fanj5w3a