Opportunistic diet of Triportheus nematurus (Characiformes: Triportheidae) in Southern Pantanal ponds: influences of temporal availability and abundance of resources

Douglas Alves Lopes, Kelly Regina Ibarrola Vieira, Rafael Da Silva Mota, Mateus Rojas Franco de Souza, Fábio Edir dos Santos Costa, Fernando Paiva
2017 Acta Scientiarum : Biological Sciences  
The aim of this study was to investigate the diet composition and feeding strategies of Triportheus nematurus at the Miranda-Abobral floodplain region and evaluate if the temporal phenomenon of the flood pulse has influenced in the diet composition of the species. The fishes were sampled quarterlybetween August/2014 and July/2016 -in the marginal ponds located in the Estrada Parque (MS 184). The feeding habits of T. nematurus was characterized as omnivorous and its opportunistic feeding
more » ... tic feeding behaviour, since its diet is composed of different resources along of the year. Insects and organic matter were the most important items during the drought period; plant material (leaves and roots) and Euglenophyceae algae were more expressive during the inundation period; insects and fruits were also abundant during the flood period. Through statistical analysis, it was possible to verify significant variation in the diet composition of the species. This variation in the components of the diet may be related to the availability of resources in the ponds throughout the year and reflect an already known pattern in Neotropical fish populations, which present high alimentary plasticity. Dieta oportunista de Triportheus nematurus (Characiformes: Triportheidae) em lagoas do Pantanal Sul: influências da disponibilidade temporal e abundância de recursos RESUMO. O objetivo deste estudo foi investigar a composição da dieta e as estratégias alimentares de Triportheus nematurus na planície de inundação da região do Miranda-Abobral e avaliar se o fenômeno temporal do pulso de inundação tem influência na composição da dieta da espécie ao longo do ano. Os peixes foram amostrados trimestralmente entre agosto/2014 e julho/2016, nas lagoas marginais situadas na Estrada Parque (MS 184). O hábito alimentar de T. nematurus foi caracterizado como onívoro e seu comportamento alimentar oportunista, pois sua dieta é composta de diferentes recursos ao longo do ano. Insetos e matéria orgânica foram os itens mais importantes no período de seca, matéria vegetal (folhas e raízes) e algas Euglenophyceae foram mais expressivos durante a enchente e insetos e frutos tiveram maior participação na dieta durante o período de cheia. Por meio das análises estatísticas foi possível verificar a variação temporal significativa na composição da dieta da espécie em pelo menos dois períodos. Essas alterações alimentares podem estar relacionadas à disponibilidade dos recursos nas lagoas ao longo do ano e refletem um padrão já conhecido em populações de peixes neotropicais, que apresentam alta plasticidade alimentar. Palavras-chave: alimentação, planície alagável, variações temporais, peixe neotropical.
doi:10.4025/actascibiolsci.v39i4.36391 fatcat:7d5cnodvzfc6bmr3ergrwbpaim