A COMUNICAÇÃO SOCIAL COMO FERRAMENTA PARA A CONSOLIDAÇÃO DOS PRINCÍPIOS DO COOPERATIVISMO

Vilson WAGNER, Luciano ZAMBERLAN, Pedro BUTTENBENDER, Ariosto SPAREMBERGER, Gabriela CAPPELLARI
2016 Revista da Universidade Vale do Rio Verde  
Resumo Este artigo propõe identificar o papel da comunicação dentro do cooperativismo, especialmente no cumprimento dos sete princípios que norteiam este sistema socioeconômico. Para identificar até que ponto as Assessorias de Comunicação Social conseguem contribuir para a gestão e educação em torno destes princípios, buscou-se realizar uma pesquisa bibliográfica, abordando temas como Comunicação e Cooperativismo. Os resultados apontam que os setores de comunicação social contribuem para a
more » ... tribuem para a consolidação dos sete princípios, alguns com mais intensidade, outros com menos. Destaca-se o fato dessa contribuição ser bastante ampla, acontecendo no relacionamento direto entre as cooperativas e o associado, por meio de reuniões e assembleias, ou através de veículos de comunicação, especialmente programas de rádios e informativos impressos próprios. A comunicação mostrou-se uma ferramenta indispensável capaz de suprir carências deixadas na área social, que podem surgir no atual contexto socioeconômico globalizado e competitivo, onde a prioridade é a viabilidade econômica das organizações. Palavras-chave: Comunicação. Cooperativismo. Jornalismo. Princípios. Abstract This article proposes to identify the communication paper in the co-operativism, especially in the accomplishment of the seven principles that direct this system. To identify until point the Offices of Social Communication manage to contribute for the administration and education around of these principles, it sought to accomplish a bibliografic research, themes as Communication and Co-operativism. The results point that the sectors of social communication contribute at the consolidation of the seven principles, some with more intensity, other with less. It stands out the fact of this contribution being very wide, happening in the direct relationship between cooperatives and the associate, by means of reunions, or through communication, especially radios programs and informative own printed papers. The communication it showed an able to indispensable, that they can come in the current context globalized and competitive, where the priority is economic viability of the organizations.
doi:10.5892/ruvrd.v14i1.2473 fatcat:e2jehoewozcl3kqpk7iwv5kwse