Controles alternados das ordenhas da manhã e da tarde para estimação da produção de leite na lactação

N.M. Teixeira, A.F. Freitas, C.N. Costa, J.A. Cobuci, R.B. Barra
2006 Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia  
Determinaram-se procedimentos para estimar produção diária de leite usando controles da manhã (AM) ou da tarde (PM) e comparar sistemas de controle para previsão da produção de leite em 305 dias usando várias combinações de controles AM e PM. Utilizaram-se 20.328 produções do dia de controle de 1.516 lactações de vacas ordenhadas duas vezes ao dia, em 96 rebanhos supervisionados pela Associação dos Criadores de Gado Holandês de Minas Gerais e registradas no período de 2000 a 2003. Sete
more » ... 2003. Sete procedimentos foram usados para estimação da produção diária. Correlações entre produções observada e estimada, médias e desvios-padrão das diferenças entre elas e desvios-padrão das produções estimadas foram os critérios para comparação de procedimentos. As estimativas obtidas com a ordenha da manhã foram mais acuradas do que as obtidas com as da ordenha da tarde. O procedimento em que se incluiu uma regressão para cada classe de intervalo de ordenhas e uma regressão sobre dias em lactação foi o selecionado para estimação da produção diária. Quatro sistemas para previsão da produção de leite em 305 dias foram comparados. Os sistemas com alternância mensal dos controles AM-PM apresentaram melhores resultados do que aqueles em que se utilizaram somente o controle AM ou somente PM. As correlações entre produção estimada e observada foram 0,99 e 0,97, respectivamente, para os primeiros e os últimos sistemas. Alternância dos controles AM-PM, iniciando-se com o controle AM, foi o sistema mais acurado de estimação.
doi:10.1590/s0102-09352006000300017 fatcat:h7ha5d7chjdi3mjtjyjrfbsh6y