HAMLET E O DISCURSO DO OUTRO

Manfred Rommel Pontes Viana Mourão, Maria Cristina De Távora Sparano
2014 Revista Estética e Semiótica  
Tomando as ideias propostas por M. Foucault e J. Lacan, trataremos a noção de discurso como elaboração linguística da relação ao Outro com vistas a entender a nomeação no decorrer da História e como ela contribui para a psicanálise e a crítica literária. Proporemos uma análise da tragédia shakespeariana Hamlet, trazendo para o debate a perspectiva dos dois autores supracitados acerca da problemática do discurso do Outro, verificado tanto na personagem que dá nome a peça, Hamlet, quanto em
more » ... et, quanto em Ophelia. Assim, nossa exposição trará a tona a ressignificação do desejo do Outro a partir da articulação dos discursos das personagens da peça fundamental do dramaturgo inglês.Palavras-chave: Discurso do Outro. Hamlet. Ressignificação.
doi:10.18830/issn2238-362x.v4.n2.2014.03 fatcat:4j47iaqzjngyjbevht4tvmpzg4