ATIVISMO COMO CIDADANIA NA CONTEMPORANEIDADE

K. V. T. SILVESTRI
2015 Publicatio UEPG Ciencias Sociais Aplicadas  
RESUMO Cidadania é um conceito que passa por transformações semânticas ao longo dos anos. Na Grécia Antiga, cidadania era uma qualidade reservada aos homens livres e concidadãos, o que significava estarem excluídos comerciantes, artesãos, trabalhadores, mulheres, jovens e escravos. No cenário atual, cidadão é todo ser humano, visto nascermos livres e iguais em dignidade e direitos, afirma o primeiro artigo da Declaração dos direitos humanos. É nesse contexto, que podemos compreender os
more » ... reender os ativistas como atores políticos, cidadãos partícipes da vida política também de forma virtual. ) são fundamentação teórica para a presente reflexão, cujo objetivo é, a partir de uma abordagem qualitativa com procedimentos bibliográficos, levantar alguns estudos de casos vinculados pela mídia acerca de ações e protestos que se aplicam à defesa do ativismo com cidadania. Palavras-chave: Biopolítica. Consenso. Participação política. Ciberespaço. ABSTRACT Citizenship is a concept that went through semantic transformations over the years. In ancient Greece, citizenship was a quality reserved to free men and citizens, which meant that merchants, artisans, workers, women, young people and slaves were excluded. In the current scenario, a citizen is every human being, since we are born free and equal in dignity and rights, says the first article of the Declaration of Human Rights. It is in this context that we can understand that activists are political actors, citizens that participate ofthe political life in the real world as well as virtually. ) represent the theoretical support for this reflection, which from a qualitative approach with bibliographic procedures, aims at pointing out case studies linked by the media about actions and protests that apply to the defense of activism as a form of citizenship.
doi:10.5212/publicatioci.soc.v.23i1.0001 fatcat:t5mhshsmd5bd5imj2jrxmnazwa