Comportamento de pastejo e ingestão de forragem por novilhas de corte em pastagens de milheto e papuã

Vagner Guasso da Costa, Marta Gomes da Rocha, Luciana Pötter, Dalton Roso, Aline Tatiane Nunes da Rosa, Jonatas dos Reis
2011 Revista Brasileira de Zootecnia  
Foram estudados o desempenho, o comportamento e a ingestão de forragem por novilhas de corte em pastagem de milheto (Pennisetum americanum (L.) Leeke) e papuã (Urochloa plantaginea) no período de janeiro a abril de 2008. Foi utilizado o método de pastejo contínuo com número variável de animais. A ingestão de forragem foi estimada nos estádios vegetativo e reprodutivo das forrageiras usando o óxido de cromo como indicador da produção fecal. As avaliações de comportamento foram feitas por meio de
more » ... observação visual, em quatro períodos contínuos de 24 horas. Os valores médios de massa de forragem, oferta de forragem e oferta de lâminas foliares foram de 3.927 kg/ha de MS, 14,6 kg de MS/100 kg de peso corporal (PC) e 3,36 kg de MS/100 kg de PC, respectivamente. As variáveis do pasto, o desempenho animal, o comportamento ingestivo e a ingestão de forragem foram semelhantes entre milheto e papuã. As variáveis da forragem, desempenho animal e tempos de pastejo, ócio e ruminação e número de bocados por dia apresentaram variação ao longo dos dias de utilização da pastagem. A ingestão de forragem foi de 2,49% do peso corporal e não variou conforme o estádio fenológico. Em áreas infestadas com papuã, sua utilização em pastejo proporciona desempenho semelhante ao obtido com milheto.
doi:10.1590/s1516-35982011000200004 fatcat:s6fw7jylf5hjve6hirlxhnokke